Estabelecendo Conexão com um Banco de Dados MySQL

Este documento demonstra como configurar uma conexão com um banco de dados MySQL no NetBeans IDE. Uma vez conectado, você pode começar a trabalhar com o MySQL no Explorador do Banco de Dados do IDE criando novos bancos de dados e tabelas, preenchendo tabelas com dados e executando consultas SQL em conteúdo e estruturas de bancos de dados. Este tutorial é direcionado a iniciantes com um conhecimento básico do gerenciamento de bancos de dados, que desejam utilizar seu conhecimento para trabalhar com o MySQL no NetBeans IDE.

O MySQL é um sistema de gerenciamento de banco de dados relacional de código-fonte aberto (RDBMS) geralmente usado em aplicações Web devido à sua velocidade, flexibilidade e confiabilidade. O MySQL emprega a linguagem SQL, ou Structured Query Language, para acessar e processar os dados contidos em bancos de dados.

Duração esperada: 30 minutos

Conteúdo

O conteúdo desta página se aplica ao NetBeans IDE 7.2, 7.3 e 7.4

Para seguir este tutorial, os recursos e softwares a seguir são necessários.

Software ou Recurso Versão Necessária
NetBeans IDE 7.1, 7.2, 7.3, 7.4, Java
JDK (Java Development Kit) Versão 6 ou 7
Servidor de banco de dados MySQL versão 5.x

Observação: este tutorial presume que você já possui o RDBMS MySQL instalado e configurado no computador. Se você estiver instalando pela primeira vez, consulte a documentação oficial do MySQL para obter ajuda. Você também pode consultar Configurando o Servidor de Banco de Dados MySQL no Sistema Operacional Windows.

Configurando as Propriedades do Servidor MySQL

O NetBeans IDE vem com suporte para o RDBMS MySQL. Antes que você possa acessar o Servidor de Banco de Dados MySQL no NetBeans IDE, você deve configurar as propriedades do Servidor MySQL.

  1. Clique com o botão direito do mouse no nó Banco de Dados na janela Serviços e escolha Registrar o Servidor MySQL para abrir a caixa de diálogo Propriedades do Servidor MySQL.
    Caixa de Diálogo Propriedades do Servidor MySQL: Propriedades Básicas
  2. Confirme se o nome e a porta do host do servidor estão corretos.

    Observe que o IDE insere localhost como o nome de host de servidor default e 3306 como o número de porta de servidor default.

  3. Insira o nome de usuário Administrador (se não estiver exibido).

    Observação: você precisa de acesso administrativo para poder criar e remover bancos de dados.

  4. Insira a senha do Administrador. O default é definido como em branco.

    Observação: uma senha em branco também pode ser uma senha.

  5. Clique na guia Propriedades de Admin na parte superior da caixa de diálogo.

    A guia Propriedades de Admin é então exibida, permitindo que você insira informações para controlar o servidor MySQL.
  6. No campo Caminho/URL para ferramenta admin, digite ou navegue para o local da aplicação de administração do MySQL como a Ferramenta admin de MySQL, PhpMyAdmin, ou outras ferramentas de administração baseadas na Web.

    Observação: mysqladmin é a ferramenta de administração do MySQL encontrada na pasta bin do diretório de instalação do MySQL. Ela é uma ferramenta de linha de comandos e não é ideal para uso com o IDE.

    Digite argumentos para a ferramenta admin no campo Argumentos.
  7. Em Caminho para o comando iniciar, digite a localização do comando iniciar do MySQL ou navegue até ele. Para encontrar o comando iniciar, procure mysqld na pasta bin do diretório de instalação do MySQL.

    Observação: o binário recomendado para Unix e NetWare é mysql_safe. O comando iniciar também pode variar se o MySQL tiver sido instalado como parte de uma instalação AMP.

    Digite argumentos para o comando iniciar no campo Argumentos.
  8. No campo Caminho para o comando interromper, digite a localização do comando Interromper do MySQL ou navegue até ele. Geralmente, é o caminho para o mysqladmin na pasta bin do diretório de instalação do MySQL. Se o comando for mysqladmin, no campo Argumentos, digite -u root stop para conceder permissões root para interromper o servidor.
  9. Quando você terminar, a guia Propriedades de Admin deverá ter aparência similar à seguinte figura. Se estiver satisfeito com a configuração, clique em OK.

    Caixa de Diálogo Propriedades do Servidor MySQL: Propriedades Admin

Iniciando o Servidor MySQL

Antes que você possa se conectar a um Servidor de Banco de Dados MySQL, certifique-se de que ele esteja sendo executado no computador. Se o servidor do banco de dados não estiver conectado, você verá (disconnected) ao lado do nome de usuário no nó MySQL Server, na janela Serviço, e não poderá expandir o nó.

Para conectar o servidor do banco de dados, confirme se o Servidor de Banco de Dados MySQL está em execução na máquina, clique com o botão direito do mouse no nó Bancos de Dados > MySQL Server na janela Serviços e escolha Conectar. Talvez você seja solicitado a fornecer uma senha para conectar-se ao servidor.

O Servidor de Banco de Dados MySQL está em execução

Quando o servidor estiver conectado, você poderá expandir o nó do MySQL Server e exibir todos os bancos de dados MySQL disponíveis.

Criando e Estabelecendo Conexão à Instância do Banco de Dados

Uma forma comum de interagir com banco de dados é usando um editor SQL. O NetBeans IDE possui um mecanismo Editor SQL para esta finalidade. O Editor SQL geralmente pode ser acessado por meio da opção Executar Comando do menu de contexto do nó da conexão (ou dos nós filhos do nó da conexão). Agora que está conectado ao servidor MySQL, você pode criar uma nova instância de banco de dados usando o Editor SQL. Para a finalidade deste tutorial, crie uma instância chamada MyNewDatabase:

  1. Na janela Serviços do IDE, clique com o botão direito do mouse no nó Servidor MySQL e escolha Criar Banco de Dados.

    A caixa de diálogo Criar Banco de Dados MySQL é aberta.
  2. Na caixa de diálogo Criar Banco de Dados MySQL, digite o nome do novo banco de dados. Será utilizado MyNewDatabase para este tutorial. Deixe a caixa de seleção desmarcada neste momento. Caixa de diálogo Criar Banco de Dados MySQL

    Observação: também é possível conceder acesso total a um determinado usuário. Por default, somente o usuário admin possui as permissões para realizar determinados comandos. A lista drop-down permite que você designe essas permissões a um usuário específico.

  3. Clique em OK.

    O novo banco de dados é exibido no nó do Servidor MySQL na janela Serviços.

  4. Clique com o botão direito do mouse no novo nó do banco de dados e escolha Conectar no menu pop-up para abrir a conexão para o banco de dados.

    As conexões do banco de dados que estão abertas são representadas por um nó de conexão completo (ícone do nó da conexão concluído) na janela Serviços.

Criando Tabelas do Banco de Dados

Agora que você se conectou a MyNewDatabase, pode começar a explorar como criar tabelas, preenchê-las com dados e modificar os dados mantidos nas tabelas. Isso permite que você observe mais de perto a funcionalidade oferecida pelo Explorador do Banco de Dados, assim como o suporte do NetBeans IDE para arquivos SQL.

MyNewDatabase está vazio no momento. No IDE, é possível adicionar uma tabela de banco de dados usando a caixa de diálogo Criar Tabela ou inserindo uma consulta SQL e executando-a diretamente do Editor SQL. Aqui, você pode explorar ambos os métodos:

  1. Usando o Editor SQL
  2. Usando a Caixa de Diálogo Criar Tabela

Usando o Editor SQL

  1. No Explorador do Banco de Dados, expanda o nó da conexão MyNewDatabase (ícone do nó da conexão) e observe que há três subpastas: Tabelas, Views e Procedimentos.
  2. Clique com o botão direito do mouse na pasta Tabelas e escolha Executar Comando. Uma tela em branco é aberta no Editor SQL na janela principal.
  3. No Editor SQL, digite a seguinte consulta. Esta é uma definição da tabela Consultor que você irá criar.
    CREATE TABLE Counselor (
        id SMALLINT UNSIGNED NOT NULL AUTO_INCREMENT,
        firstName VARCHAR (50),
        nickName VARCHAR (50),
        lastName VARCHAR (50),
        telephone VARCHAR (25),
        email VARCHAR (50),
        memberSince DATE DEFAULT '0000-00-00',
        PRIMARY KEY (id)
                );
    Observação: consultas formadas no Editor SQL faz parsing em SQL. A linguagem SQL utiliza regras de sintaxe estritas com as quais você deve estar familiarizado ao trabalhar no editor do IDE. Na execução de uma consulta, um feedback do mecanismo SQL é gerado na janela de Saída indicando se a execução foi ou não bem-sucedida.
  4. Para executar a consulta, clique no botão Executar SQL (botão executar SQL) na barra de tarefas na parte superior (Ctrl-Shift-E), ou clique com o botão direito do mouse dentro do Editor de SQL e escolha Executar Instrução. O IDE gera a tabela Consultor no banco de dados, e você recebe uma mensagem similar à seguinte na janela de Saída.

    A janela de saída indica execução com êxito
  5. Para verificar as alterações, clique com o botão direito do mouse no nó Tabelas no Explorador do Banco de Dados Explorer e escolha Atualizar. A opção Atualizar atualiza o componente UI do Explorador do Banco de Dados para o status atual do banco de dados especificado. Observe que o novo nó da tabela Consultor (ícone do nó da tabela) é exibido agora em Tabelas no Explorador do Banco de Dados. Se você expandir o nó da tabela você pode ver as colunas (campos) você criou, iniciando com a chave primária (ícone do nó da chave primária).

    A tabela do Consultor exibida no Explorador do Banco de Dados

Usando a Caixa de Diálogo Criar Tabela

  1. No Explorador do Banco de Dados, clique com o botão direito do mouse no nó Tabelas e escolha Criar Tabela. A caixa de diálogo Criar Tabela é aberta.
  2. No campo de texto Nome da tabela, digite Assunto.
  3. Clique em Adicionar Coluna.
  4. No Nome da coluna, insira id. Selecione SMALLINT no tipo de dados na lista drop-down Tipo. Clique em OK.
    tela da caixa de diálogo Adicionar Coluna
  5. Marque a caixa de seleção Chave Primária na caixa de diálogo Adicionar Coluna. Você está especificando a chave primária da tabela. Todas as tabelas de bancos de dados relacionais devem conter uma chave primária. Observe que quando a caixa de seleção Chave é marcada, as caixas de seleção Índice e Exclusivo são automaticamente marcadas e a caixa de seleção Nulo é desmarcada. Isso ocorre porque as chaves primárias são usadas para identificar uma linha exclusiva no banco de dados e por default formam o índice da tabela. Como todas as linhas precisam ser identificadas, as chaves primárias não podem conter um valor Nulo.
  6. Repita esse procedimento adicionando as colunas remanescentes, como exibido na tabela a seguir.

    Chave Índice Nulo Exclusiva Nome da Coluna Tipo de Dados Tamanho
    [marcada] [marcada] [marcada] id SMALLINT 0
    [marcada] nome VARCHAR 50
    [marcada] descrição VARCHAR 500
    [marcada] FK_counselorID SMALLINT 0

    Está sendo criada uma tabela chamada Assunto que possuirá dados para cada um dos seguintes registros.

    • Nome: nome do assunto
    • Descrição: descrição do assunto
    • ID do Consultor: ID do consultor que corresponde a um ID da tabela Consultor
    Caixa de Diálogo Criar Tabela com campos selecionados para tabela Assunto

    Certifique-se de que os campos na caixa de diálogo Criar Tabela correspondam aos exibidos acima e clique em OK. O IDE gera a tabela Assunto no banco de dados e você pode ver um novo nó da tabela Assunto (ícone do nó da tabela) imediatamente exibido sob as Tabelas no Explorador do Banco de Dados.

Trabalhando com os Dados da Tabela

Para trabalhar com dados da tabela, você pode usar o Editor SQL no NetBeans IDE. Ao executar consultas SQL em um banco de dados, você pode adicionar, modificar e deletar dados mantidos em estruturas de bancos de dados. Para adicionar um novo registro (linha) à tabela Consultor, faça o seguinte:

  1. Escolha Executar Comando da pasta Tabelas no Explorador do Banco de Dados. Uma tela em branco é aberta no Editor SQL na janela principal.
  2. No Editor SQL, digite a seguinte consulta.
    INSERT INTO Counselor
    VALUES (1, 'Ricky', '"The Dragon"', 'Steamboat','334 612-5678', 'r_steamboat@ifpwafcad.com', '1996-01-01')
  3. Para executar a consulta, clique com o botão direito do mouse no Editor SQL e escolha Executar Instrução. Na janela de Saída, você pode ver uma mensagem indicando que a consulta foi executada com êxito.
  4. Para verificar se o novo registro foi adicionado à tabela Consultor, no Explorador do Banco de Dados, clique com o botão direito do mouse no nó da tabela Consultor e escolha Exibir Dados. Um novo painel Editor SQL é aberto na janela principal. Quando você escolhe Exibir Dados, é gerada automaticamente na região superior do Editor SQL uma consulta para selecionar todos os dados da tabela. Os resultados da instrução são exibidos em uma view em tabela na região inferior. Neste exemplo, a tabela Consultor é exibida. Observe que uma nova linha foi adicionada com os dados que você acabou de fornecer da consulta SQL.

    novo registro adicionado à tabela Consultor

Executando um Script SQL

Outra forma de gerenciar dados de tabela no NetBeans IDE é executar um script SQL externo diretamente no IDE. Se foi criado um script SQL em qualquer outro lugar, será possível simplesmente abrí-lo no NetBeans IDE e executá-lo no Editor SQL.

Com a finalidade de demonstração, faça download do ifpwafcad.sql e salve-o no computador. Este script cria duas tabelas similares às que você acabou de criar acima (Consultor e Assunto) e preenche-as imediatamente com dados.

Como o script sobrescreve essas tabelas se elas já existirem, delete as tabelas Consultor e Assunto agora para que fique óbvio que novas tabelas são criadas quando o script é executado. Para deletar tabelas:

  1. Clique com o botão direito do mouse nos nós de tabela Consultor e Assunto no Explorador do Banco de Dados e selecione Deletar.
  2. Clique em Sim na caixa de diálogo Confirmar Exclusão de Objeto. Observe que essa caixa de diálogo lista as tabelas que serão deletadas.

Quando você clica em Sim na caixa de diálogo Confirmar Exclusão de Objeto, os nós de tabela são automaticamente removidos do Explorador do Banco de Dados.

Para executar o script SQL em MyNewDatabase:

  1. Escolha Arquivo > Abrir Arquivo no menu principal do IDE. No browser de arquivos, vá para o local onde você salvou ifpwafcad.sql anteriormente e clique em Abrir. O script se abre automaticamente no Editor SQL.
  2. Certifique-se de que a conexão com MyNewDatabase esteja selecionada na caixa drop-down Conexão na barra de ferramentas na parte superior do Editor.

    Caixa drop-down de conexão na barra de ferramentas do Editor SQL
  3. Clique no botão Executar SQL (botão executar SQL) na barra de tarefas do Editor SQL. O script é executado no banco de dados selecionado e qualquer feedback é gerado na janela de Saída.
  4. Para verificar as alterações, clique com o botão direito do mouse no nó da conexão de MyNewDatabase na janela Runtime e escolha Atualizar. A opção Atualizar atualiza o componente UI do Explorador do Banco de Dados para o status atual do banco de dados especificado. Observe que as duas novas tabelas do script SQL agora são exibidas como nós de tabela em MyNewDatabase no Explorador do Banco de Dados.
  5. Escolha Exibir Dados do menu de contexto de um nó de tabela selecionada para ver os dados contidos nas novas tabelas. Dessa maneira, você pode comparar os dados tabulares com os dados contidos no script SQL para ver se eles coincidem.

Consulte Também

Isto conclui o tutorial Estabelecendo Conexão um Banco de Dados MySQL. Este documento demonstrou como configurar o MySQL no computador e definir uma conexão com o servidor de banco de dados do NetBeans IDE. Ele também descreveu como trabalhar com o MySQL no Explorador do Banco de Dados do IDE criando novas instâncias de bancos de dados e tabelas, preenchendo tabelas com dados e executando consultas SQL.

Para tutoriais relacionados e mais avançados, consulte os seguintes recursos:

get support for the NetBeans

Support


By use of this website, you agree to the NetBeans Policies and Terms of Use. © 2013, Oracle Corporation and/or its affiliates. Sponsored by Oracle logo