Rastreamento de uso de dados no NetBeans

O objetivo de rastrear o uso de dados é o de coletar e analisar informações estatísticas sobre os recursos de alto nível que são utilizados pelo usuário do NetBeans. Uma melhor compreensão de quais recursos são mais e menos utilizados com frequência nos ajuda a melhor planejar futuras versões. Os dados coletados são estritamente anônimos e enviados automaticamente para o servidor netbeans.org. A coleta e submissão de dados não tem impacto no desempenho e, portanto, não afetam o fluxo de trabalho regular.

Qual tipo de dados de utilização estão sendo coletados?

  • Configuração do IDE - número do build, informações do SO, lista de plug-ins ativados
  • Use de tipos de projetos (exemplo, Java SE, Java SE Freeform, Java Web Application, Java Enterprise Application, Ruby / Rails Application, PHP, C/C++, projeto NB Module, etc.)
  • Uso de estruturas de aplicativo da Web (exemplo Struts, JSF, Visual JSF, Spring, Hibernate, etc.)
  • Tipos e versões de servidores e executáveis usados para a implementação (exemplo, GlassFish, Tomcat, WebSphere, JBoss, WebLogic, WEBrick, etc.)
  • Tipos de drivers JDBC usados para conexões com bancos de dados (exemplo, MySQL, JavaDB, Oracle, etc.)
  • Use de recursos de produtividade específicos (exemplo Debugger, Profiler, GUI Builder)
  • Tipos de sistemas de controle de versão utilizados por usuários (CVS, Subversion, Mercurial, ClearCase, etc.)
  • Acessos aos tópicos da Ajuda.

Quais dados NÃO estão sendo coletados.

  • Nomes e senhas de usuários.
  • Caminhos, nomes de arquivos e nomes de classes.
  • Fragmentos do código-fonte do usuário.

A equipe do NetBeans realmente aprecia sua participação no programa de rastreamento de uso dos dados!

By use of this website, you agree to the NetBeans Policies and Terms of Use. © 2016, Oracle Corporation and/or its affiliates. Sponsored by Oracle logo